COREIA DO SUL A FRENTE NO DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS E EMBALAGENS

UM PEQUENO PAÍS ENCRAVADO ENTRE O PAÍS-IRMÃO, A PODEROSA CHINA E O JAPÃO, DESTACA-SE PELOS INVESTIMENTOS EM EDUCAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS, E, CLARO, PELAS SUAS EMBALAGENS DISRUPTIVAS

Assim coma ocorreu com a Alemanha nos pós-guerra, houve a separação das Coreias, em 1945. A Coreia do Sul declarou a sua independência, cinco anos mais tarde, desencadeando uma guerra que se estendeu de 1950 a 1953.
Desde o inicio, a Coreia do Sul investe em educação e também em desenvolvimento industrial e de seus produtos.

Ao Iado de kombucha e do kefir, o kimchi, alimento condimentado típico da culinária da Coreia, forma a tríade dos 3K, os produtos que são destaques nas novas dietas saudáveis.

O kimchi, principalmente, e muitas vezes considerado a “base da alimentação dos coreanos, poden­do ser consumido nas três refeições diárias. E tradicionalmente composto par acelga, cebolinha e rabanete em salmoura, com alho, gengibre, pimenta e molho de peixe.


Historicamente, cultivar vegetais frescos ao longo do ano era difícil, e por isso, métodos de preservação eram utilizados na confecção de diversos pratos. Após a “descoberta” do kimchi pelo ocidente, os coreanos desenvolveram novas produtos em embalagens que oferecem segurança alimentar e a conveniência e praticidade que a vida moderna pede.


Recentemente. a Coreia do Sul desenvolveu o kimchi em pó apresentado em uma pratica embala­gem tipo “stick” que pode ser facilmente carregada para todos os lugares. Basta adicionar agua quente para ser a base de uma sopa. Há também o kimchi desidratado em pedaços, que da mesma forma, pode ser facilmente transportado e preparado pelos consumidores.


Alem disso, o país lançou o “kim­chi para beber” numa “lata de PET” decorada com r6tulo termoencolhi­vel. o Kimchi me. Basta agitar e be­ber gelado ou quente! A opção pela lata de PET e em função do custo do alumínio devido a escassez do minério no sudoeste asiático.


Outro produto que ganhou destaque na feira ANUGA de 2023 foi lançado pela Sturgeon Bio Co.

A empresa investiu em pesquisas sabre o peixe esturjão, que na maioria das vezes, apenas suas ovas são aproveitadas para a produção do caviar. Elas mostraram o enorme potencial da carne, pele, escamas e espinhas do peixe. E rico em tauri­na, EPA, DHA, colágeno, aminoácidos, entre outros minerais.


A empresa criou então varias linhas de produtos de beleza e complementos vitamínicos e, claro, apostou também em embalagens que comunicam bem os benefícios dos subprodutos, como stick packs para suas pílulas. Com apenas oito a nos de atuação, a empresa já esta listada na KOSDAQ e NASDAQ.


Prova de que investir em inovação e boas embalagens faz o mun­do melhor!

Compartilhe:

Para mais informações, entre em contato conosco!
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e pelas Políticas de Privacidade e Termos de Serviço do Google.