EMBALAGENS CONVENIENTES PROMOVEM UMA EXPERIÊNCIA AGRADÁVEL

Cada vez mais observamos gôndolas inteiras de pratos e bebidas prontos para o consumo, o que demonstra a importância de oferecer conveniência para atender os consumidores ávidos por praticidade

A tônica do dia a dia é cada vez mais corrida, mesmo com tantos recursos de tecnologia e aplicativos, as pessoas têm menos tempo e interesse para fazer atividades domésticas de limpeza ou para preparar as refeições. Assim, produtos prontos que tornam a vida mais prática em embalagens convenientes ganham muitos pontos com os consumidores. Estas embalagens devem oferecer o tamanho e a quantidade ideal de produto, além de serem fáceis de abrir e fechar quando necessário. O “dispensar” da embalagem deve ser adequado, bem como a sua dimensão para o armazenamento dos alimentos em armários, geladeiras e portas.

Há inúmeras soluções que promovem conveniência e praticidade na hora do consumo como embalagens com zíperes para fechar; abertura indicada e fácil; transparência para facilitar a identificação; ergonômicas; tampas flip-top; gatilhos ou sprays para aplicação; embalagens que vão ao freezer e ao micro-ondas, entre outras possibilidades.

Durante a feira bienal SIAL de Paris, em outubro 2018, muitos dos produtos receberam prêmios e destaques muito mais por conta das suas embalagens. O mesmo pudemos perceber em recente visita aos Estados Unidos. Vamos aos exemplos:

O consumidor pode preparar o bolo diretamente no stand-up pouch no forno micro-ondas. Nesta embalagem e na do molho de queijo da Nathan’s, há um espaço para a “pega”, que evita que o consumidor se queime: cuidado que encanta.

Que tal uma embalagem de salsicha tipo “snack” prontinha para levar na lancheira da escola? Este stand-up pouch da Carmal (snack bites) mantém os produtos “shelf stable” por um ano!

A embalagem termoformada, com três compartimentos separados, para o acondicionamento de proteínas (amendoim, carne desidratada e sementes de girassol) lembra o formato de um “alteres”. Como a embalagem é lacrada com filme flexível na parte de cima, o consumidor pode abrir por partes, servindo-se de um dos produtos, sem comprometer os demais. Perfeito!

Nossos “filhos peludos” também precisam de conveniência. A Sheba desenvolveu uma embalagem plástica que pode ser partida ao meio, já que muitas vezes, os bichanos são pequenos ou só comem pequenas porções de cada vez. Além disso, o pote pode ser o pratinho deles, reduzindo serviço.

Embalagem que vai à mesa ou serve de utensílio também é a proposta encontrada na categoria de azeitonas pretas. Já sem caroços, as olivas vêm num prático potinho e são vendidas em multipack de quatro.

O bacon em pequenos pedacinhos já fritos proporciona facilidade para finalizar ou temperar uma salada ou outros pratos. É só salpicar o produto e refechar a embalagem depois.

Na categoria de bebidas, cresce a utilização de frascos de produtos concentrados prontos para saborizar água ou leite. O frasco squeeze da Fit Active, com 48 ml de produto concentrado permite ao consumidor saborizar 8 litros de água.

Na Europa ou nos Estados Unidos, o apelo de conveniência tem sido muito empregado pelos donos de marca para atender seus consumidores. Afinal, a experiência do uso do produto tem que ser positiva para promover a recompra. Embalagem mais conveniente é melhor. Embalagem melhor. Mundo melhor. Sempre.

Compartilhe:

Para mais informações, entre em contato conosco!
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e pelas Políticas de Privacidade e Termos de Serviço do Google.