INOVAÇÃO DA TECNOLOGIA À EMBALAGEM

A cada três anos, a indústria de alimentos e bebidas tem um encontro marcado com a tecnologia e o futuro. A Anuga FoodTec, que acontece na Alemanha, reúne equipamentos de processos e envase e muito conteúdo. Imperdível

A última edição da Anuga FoodTec aconteceu em Colônia, na Alemanha, de 20 a 23 de março de 2018. A feira expandiu em 13% o número de expositores, um feito histórico. Participaram do evento 1657 expositores, dos quais 655 da Alemanha e 1.002 estrangeiros, ou seja, é uma feira internacional.

A feira recebeu mais de 50 mil visitantes de 152 países, dos quais 67% estrangeiros (um acréscimo de +11%), o que torna a Anuga FoodTec uma excelente oportunidade de conhecer profissionais e empresários do setor.

Além da primorosa organização da feira, outro aspecto importante é o conteúdo disponível no evento, além de conferências, palestras abertas em vários pontos da feira, speakers corners (esquinas de conversa), meet of experts (encontro com especialistas de mercado) e o FutureLab, uma experiência para jovens estudantes da universidade de Colônia que recebiam pela manhã um desafio para resolver e apresentar solução no final do dia.

Entre os principais expositores: AdamPack, Asepto, Barry-Wehmiller, Bosch, Bossar, CAMA, Ecolean, Elecster, FibraPak, Gaudi, GEA, Heuft, Horauf, Illig, Ilpra, IMA, JBT, KHS, Krones, Mespack, Multivac, Robopac, Sacmi, Scholle, Schubert, SealPack, Serac, SMI, Taghleef, Tetra Pak, Totai, Ulma, Variovac, entre outras.

A indústria de equipamentos, na sua grande maioria, aplicou os conceitos de Indústria 4.0. A feira mostrou o crescimento das embalagens flexíveis e os novos entrantes, como os fornecedores de embalagens cartonadas assépticas ou refrigeradas (Galdi, AdamPack, Asepto, FibraPak, entre outras opções).

O crescimento das embalagens flexíveis se deve à sua competitividade por ter menor quantidade efetiva de matéria-prima por quilo de produto embalado. O menor peso, a versatilidade (atualmente quase qualquer produto pode ser envasado numa embalagem flexível), a possibilidade de transparência e a conveniência no uso das diferentes aplicações.

Além das opções simples como as embalagens flow pack ou pouches, algumas empresas apresentaram novas opções, como a sueca Ecolean que oferece um stand-up pouch com “pega” ergonômica e sistema de fechamento simples e efetivo. O sistema patenteado é oferecido em conjunto, máquina e embalagens, porém são equipamentos menores e fáceis de operar e as embalagens mais competitivas que os similares disponíveis no mercado.

Empresas como a KHS, que antes envasavam apenas frascos de PET, vidro e latas, já oferecem sistema de envase de pouches também. Aliás, a KHS lançou a tecnologia Innopouch Cube, que produz uma embalagem flexível quadrada, atualmente exclusiva da Hersheys.

A indústria já oferece pouches transparentes para quase todo o tipo de produto. Num mundo tão globalizado, visualizar o produto que estamos comprando é muito útil, além de tranquilizar os consumidores. A Scholle IPN lançou seu Clean Pouch asséptico e transparente! Da mesma forma, a Ecolean e a Totai, esta última, uma empresa japonesa de conversão oferece embalagens retortable com janela, que são produzidas com filmes da também japonesa, Toyobo.

A coreana Koreco apresentou embalagens em várias estruturas, incluindo laminadas com papel kraft. Vendia também embalagens em qualquer quantidade a partir da tecnologia de impressão digital. Fez sucesso na feira!

A Taegleef levou para a feira sua linha de filmes BOPP com características especiais de extensão de shelf life e maior transparência, a Extendo.

Envase de alimentos e bebidas

A TetraPak destacou a linha de embalagens Tetra Recart para produtos prontos e Pet Food. Demostrou vários produtos gourmet com produtos assinados por chefs renomados com SoupMan. A Asepto, porém fez mais sucesso, com as primeiras embalagens cartonadas com filmes holográficos. Da mesma forma, chamou a atenção a Hoerauf com suas “latas de papel” ou Cartocan. A italiana Galdi mostrou a possibilidade de hot filling em suas embalagens cartonadas com shelf life de 8 a 12 meses.

A KHS apresentou pouches para sucos e molhos, incluindo novíssimos formatos. Destaque para os equipamentos para envase de produtos sensíveis, como iogurtes e derivados de frutas. Bem como, as sopradoras e envasadoras de produtos pastosos em novos formatos de frascos ou potes de PET de boca larga. Mostrou ainda linhas completas onde a Schubert integrava-se no final de linha.

A Krones focou em produção cuidada e segura

para chás, leites e sucos. No quesito processo, a empresa destacou o homogenizador com consumo de energia 25% menor. Sua divisão Evoguard apresentou como novidade a possibilidade de sinalização de desgaste das válvulas por Cloud. A MILKron, divisão de equipamentos para produtos lácteos, estava reforçada, uma vez que a Anuga FoodTec é uma feira para produtos de alimentos.

A ULMA, tradicional produtora de máquinas da Espanha, hoje presente em quase todo o mundo, mostrou como está preparada para atender a Indústria 4.0 de alimentos, apresentando suas ferramentas de automação de processos e produtividade e altos padrões de confiabilidade e higiene. A empresa destacou sua termoseladora TSA1200 para embalagens em AT M (atmosfera modificada) com maior velocidade. Levou também a Tight-Bag sua embaladora vertical com sistema de limpeza exclusivo.

A solução de embalagem termoformada Skin foi uma das propostas mais procuradas pelos clientes processadores de proteínas. A Multivac, além de seus equipamentos e máquinas, já conhecidos pelos seus clientes e mercado, discutiu sobre a determinação alemã de eliminar embalagens plásticas até 2030 e as propostas que estão sendo colocadas em testes, como substituir parte das embalagens termoformadas por papelcartão resinado.

A JBT focou sua apresentação na feira em processos seguros, como HPP: processo de alta pressão para eliminar micro-organismos. A Illig segue com seu sistema integrado de FFS (form fill and seal – formar, encher e selar) para potes termoformados e decorados em IML (In mould label – rótulos dentro do molde). Batizou este sistema de 360° Pactivity.

Igualmente importante aos processos de produção, os sistemas de inspeção para todos os tipos de embalagens e linhas foram apresentados pela Heuft.

Embalagens para alimentos

A SEALPAC fez sucesso ao apresentar sua proposta de embalagem termoformada com a base plana, o Flat Skin e com a proposta easy lid. Nesta proposta, os potes injetados têm um filme “substituindo” a tampa tradicional, que é aplicado num “esqueleto” de tampa; reduzindo desta forma a quantidade de material total.

A Micvac apresentou suas soluções de embalagens para pratos prontos e destacou a nova embalagem da brasileira Seara: um pote que pode ir ao microondas para descongelar ou aquecer. Há um sistema de saída controlada dos gases. Já a INcap apresentou uma proposta para incluir sabor em bebidas no momento de servilas: a tampa tem um compartimento separado para pós ou grânulos para ser agregado ao suco no momento de servi-lo.

Seria pretensão num único artigo contar todas as novidades apresentadas numa feira da magnitude da Anuga FoodTec.

Compartilhe:

Para mais informações, entre em contato conosco!
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e pelas Políticas de Privacidade e Termos de Serviço do Google.