O potencial das embalagens de papelcartão

Ideias inovadoras e produtos diferenciados a partir de papelcartão reciclado podem atrair a atenção de empresas globais de diversos segmentos, desencadear novos hábitos de consumo e evidenciar os principais fabricantes da matéria-prima principal

A Wewow é uma empresa do Reino Unido que nasceu da necessidade de desenvolver embalagens para DVD. Recentemente, lançou um projeto inovador que conquistou a Universal Music, empresa global da indústria de música. O resultado foi a embalagem de papel cartão 100% reciclado. Segundo informações da matéria divulgada em revista especializada, a WowWallets agradou muito por ser uma solução inovadora e sustentável para o setor de CD e DVD. Um porta-voz da Wewow afirmou que a WowWallet é mais ecológica e reduz as emissões de carbono. Ele acrescentou: “Este pacote salva 240 kg de CO2, quando comparado com um estojo tradicional.”

A empresa desenvolveu cerca de 1000 embalagens para seu ilustre cliente que declarou, por meio do gerente da Universal Music, Adrian McKinney, ter ficado satisfeito com as embalagens de CD exclusivas. Para a Universal Music, este projeto é perfeito justamente porque as embalagens reduzem a emissão de CO2. Eles classificaram o trabalho como fantástico.

A ideia de produzir novos produtos a partir da reciclagem de materiais principais também foi aproveitada para fabricar a sacola de papelão. A Wewow falou sobre o protótipo da sacola que, como afirma, está sempre “pronta para ir” e destacou informações do design que “pode ser facilmente alterado” para atender uma solicitação.

Stuart Jones disse que o objetivo da Wewow é ser a referência do mercado com o negócio de sacolas como a WowSatchels. Ele se diz apaixonado por coisas feitas 100% de cartão reciclado. Sua inspiração foi uma história apresentada na TV sobre a Cambridge Satchel, uma empresa de bolsas. Segundo ele, a WowSatchel é forte e tem capacidade para transportar vários documentos. Experimentos com a aplicação de um verniz à base de água para dar proteção extra quando a sacola estiver ao ar livre já estão sendo feitos.

A grande inovação do projeto é a produção de uma bolsa a partir de um único pedaço de cartão, cortado e dobrado. Stuart falou do reconhecimento da sua empresa no mercado de CD e DVD e declarou que quer expandir os negócios para outros setores. Segundo o criador da obra, que acredita no enorme potencial empresarial para a utilização da bolsa, no futuro essa pode ser uma alternativa para atrair e conquistar o mercado, inclusive o de bolsas escolares infanto-juvenis.

Os dois projetos são muito interessantes exatamente porque têm como principal matéria-prima o papel, que possui grande potencial de reciclagem. No Brasil, temos indústrias que produzem papel de alta qualidade, utilizado em vários segmentos: alimentício, higiene e limpeza, produtos premium etc. Valorizar as questões de reciclagem faz parte do perfil de um público mais consciente e resolvido em várias questões. Com certeza as pessoas que adquirem um CD ou DVD original também se importam com isso.

No Brasil, desde 2010, são bem comuns as pautas sobre logística reversa. Com o potencial criativo dos brasileiros e ideias avançadas, criar um portfólio extenso de produtos fabricados a partir de matéria-prima reciclada é fácil. Esses produtos teriam muito sucesso em campanhas exclusivas, com embalagens de papel reciclado para promocional, por exemplo.

A nossa indústria de fabricação de papel pode realizar projetos que desencadeiam trabalhos sociais, inclusive com os CDs e DVDs. Apesar do alto custo, ainda, dos processos de reciclagem, produtos desenvolvidos a partir de material reciclado também possuem alto valor agregado.

O investimento em projetos que envolvam maior consciência do consumidor contra produtos piratas ou contrabandeados, aliado às políticas de logística reversa capazes de transformar as matérias-primas em novas embalagens, poderia trazer à cadeia do papel cartão uma grande alavancagem. Embalagem melhor. Mundo melhor! E neste caso, com bons resultados inclusive, culturais.

Compartilhe:

Para mais informações, entre em contato conosco!
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e pelas Políticas de Privacidade e Termos de Serviço do Google.