A elegância continua em moda

A qualidade e a apresentação dos produtos gráficos fazem a diferença também na França. Lá, como aqui, as oportunidades para bons produtos só crescem.

Estivemos presentes em Paris na grande exposição francesa de embalagens, a Emballage, de 17 a 21 de novembro de 2008, provavelmente a mais internacional das feiras de embalagens, atrás apenas da InterPack. Talvez mais relevante que a participação na feira e nos eventos paralelos tenha sido o garimpo de embalagens inovadoras em vários pontos de venda: supermercados, homecenter, drugstores, farmácias, pequenas lojas de conveniência e de departamentos. Ver ao vivo e em cores os consumidores fazendo suas escolhas em palcos diferentes é um rico laboratório, que exige paciência, olhar atento e muita disposição.

A indústria de embalagem de papelcartão e papelão francesa movimentou, em 2007, a soma de 6,34 bilhões de euros, com crescimento contínuo. Esta foi a 38ª edição da Emballage, com mais de 2.200 expositores e 101.730 visitantes, sendo 36% estrangeiros. O evento foi recheado de novidades e aqui estão alguns tópicos interessantes relacionados à indústria gráfica.

A elegância da apresentação das empresas gráficas conseguiu driblar estandes pequenos com charme, usando um extraordinário bom gosto e o que melhor fazem: seus produtos. Os estandes eram verdadeiras vitrinas; tudo organizado e cuidadosamente decorado, provando que a diferença está no trabalho focado e no profissionalismo.

O Graphia, Graphic Arts Industry Alliance, grupo de exportação do setor gráfico criado no âmbito da Abigraf, esteve presente, assim como o Programa Export Plastic, coordenado pelo Instituto Nacional do Plástico, com o apoio da Apex-​Brasil, levando algumas empresas brasileiras como BrasPack, Embaquim, Unipac e Zaraplast.

Ainda na área institucional, merece registro a presença forte da associação Pro Carton, que reúne fabricantes de papelcartão e seus convertedores na Europa. Em um grande estande, a entidade mostrava os benefícios da opção por embalagens de fonte renovável celulósicas. Eles mantêm cursos, vasta biblioteca, distribuem apostilas e CDs para quem tiver interesse em conhecer a área, promovem prêmios, enfim, mantêm a opção por embalagens papelcartão em alta. Além disso, destacaram selos, como o FSC, valorizando as embalagens pelo aspecto ecológico.

Depertou muita atenção o papel de pedra, reapresentado pela Gaia Kraft (este substrato já fora apresentado na Drupa de 2000 por outras empresas). Trata-​se de um papel impermeável produzido a partir de pedra, carbonato de cálcio e pequena quantidade de resina, que absorve menor quantidade de tinta. Estavam expostas sacolas feitas a partir desse material, impressas com tinta à base de soja. O aspecto e o toque são surpreendentemente agradáveis.

Nas gôndolas

Das andanças pelos pontos de venda vêm as maiores pérolas, mesmo porque são itens incontestáveis, pois já estão à disposição dos consumidores.

Apesar de parecer inacreditável, o francês adorou as embalagens de vinho em caixas de microondulados! É visível a enorme presença da embalagem bag in box para vinhos (em microondulado e com alças). Quem imaginaria que os franceses se renderiam à conveniência e à economia na categoria vinhos?

Cresce da mesma forma o uso desse suporte para embalagens-​displays, ou embalagens que servem de transporte e, ao chegar ao ponto de venda, se transformam em display. As embalagens de pratos prontos estão cada vez mais funcionais, com lacres, abertura fácil e muita luva de papelcartão para promoção e informação. Destaque para as luvas das saladas frescas, com todos os acessórios incluídos, uma delícia de produto e de conveniência.

Outro movimento verifica-​se no aumento da participação de embalagens cartonadas assépticas nas categorias de sucos, sopas e outros. Na época natalina, as embalagens de papelcartão fizeram a festa e a decoração das lojas nos segmentos de chocolates e brinquedos, usando formatos muito além do quadrado. As embalagens promocionais igualmente estão sendo bastante utilizadas: até mesmo a famosa cafeteria Fauchon adotou essa estratégia. Pudemos observar ainda que muitas embalagens representavam praticamente o próprio presente. Elas chamam também a atenção nas bebidas e perfumes: cada dia mais sofisticadas, elegantes e charmosas.

Aquecida está a demanda pela tecnologia IML (in mold label). Vários produtos como patês, cremes, margarinas, chocolate, potes e frascos variados carregam essa tecnologia. Assim como é imensa a utilização de rótulos termoencolhíveis para frascos de PET e vidro de sucos, chás, refrigerantes, isotônicos e outras bebidas. Os rótulos auto-​adesivos estão sendo cada vez mais utilizados em cosméticos, fármacos, alimentos, somando recursos como hot stamping, serigrafia, relevos, facas especiais etc, agora decorando até mesmo bisnagas.

A próxima edição da feira Emballage será de 22 a 26 de novembro de 2010. Organize-​se para participar.

Compartilhe:

Para mais informações, entre em contato conosco!
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e pelas Políticas de Privacidade e Termos de Serviço do Google.