As rosas búlgaras

DIVERSOS PRODUTOS PRESENTES NO MERCADO DA BULGÁRIA, ENTRE ELES ALGUNS
COSMÉTICOS, TÊM SIDO FEITOS À BASE DE ROSAS

Recentemente visitamos a Bulgária, onde observamos muitos produtos à base de rosas, o que nos chamou muito a atenção. Encontramos bebidas especiais, como o Natural Rose Drink, e a água com óleos essenciais de rosas Aquarose, que inclusive recebeu um prêmio na SIAL (salão Internacional da alimentação – Paris- 2014).

Havia também geleias e balas. As embalagens de lata de aço (Deo), que mais remetem a talco ou desodorante, são na verdade preenchidas com balas embaladas unitariamente em flow pack, cujo objetivo é garantir o aroma por mais tempo. O atributo destacado era aroma candy, ou seja, balas aromáticas, que continham óleo essencial de rosa búlgara.

Produtos de beleza eram os campeões de venda: de cremes a perfumes. Observamos que a maioria continha cartucho de papelcartão como segunda embalagem sempre com hot stamping, para valorização e posicionamento premium dos produtos. O padrão de design – usando o tom de rosa claro misturado com o tom forte de vinho e fotos de rosas – era usado para todos os produtos, inclusive nas sacolas de lojas, reforçando a identidade e fortalecendo-a.

Os sabonetes prometiam nutrição da pele, assim como os cremes de mão, que além do clássico, ofereciam as versões com Q10 (anti-idade) e com iogurte probiótico (para peles mais sensíveis). Os protetores labiais (produto essencial no inverno rigoroso de lá) eram cor-de-rosa, e a embalagem fugia do tradicional cilindro para o formato exclusivo do oval, com sistema de subida por rosca e tampa desenhada para lembrar uma delicada rosa.

Os homens também tinham vez com uma linha especial de tratamento que oferecia produtos para cuidado da pele e da barba. Havia também produtos para bebês e uma linha para cabelos, além de amostras e pequenos frascos para souvenires. É claro que a “joia da rainha” era um frasco de vidro especial de perfume (Eau de parfum). O frasco-objeto fosqueado tinha o formato de um botão de rosa, e o conjunto válvula-tampa lembrava o cabo da flor, um mimo delicado!

O mais curioso, porém, é que a Bulgária nem sequer figura entre os grandes produtores de rosas! No entanto, construíram um conceito e prepararam a indústria para atendê-lo. Dessa forma, hoje são reconhecidos por uma linha de produtos à base de rosas que só lá é encontrada, e as embalagens ajudaram a edificar essa história. Embalagem pode ajudar a construir a imagem e promove um mundo melhor.

Compartilhe:

Para mais informações, entre em contato conosco!
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e pelas Políticas de Privacidade e Termos de Serviço do Google.