Embalagem é fundamental para o sucesso no mercado externo

O evento integrou as ações do projeto Inova Embala, uma parceria da Apex-Brasil com o Instituto de Embalagens, que visa capacitar as empresas brasileiras sobre a importância das embalagens para exportação, sobretudo no segmento de alimentos e bebidas com foco no incremento da competitividade internacional das empresas.

Segundo Assunta Napolitano Camilo, diretora do Instituto de Embalagens, a embalagem tem que comunicar o diferencial do produto e da marca em qualquer canal. Entender como e porque os consumidores de cada país compram o produto é outra excelente forma de para atender às diferentes necessidades. “Os americanos demandam embalagens que ofereçam praticidade e conveniência, já que eles têm o hábito do consumo on-the-go”, exemplifica Assunta.

Para Magda Cercan, gerente da FuturePack e especialista em embalagens de transporte e logística, uma embalagem adequada no sistema logístico garante não só que o produto chegue corretamente ao seu destino, mas também a redução de custos. “Para o mercado internacional, é importante também que as empresas conheçam a norma da ABNT 7500-2009 sobre as simbologias nas embalagens”, destaca.

A comunicação clara na embalagem é fundamental para atrair o consumidor no ponto de venda. “As cores, os formatos e os elementos visuais que remetem à cultura de cada país fazem esse papel para diferenciar os produtos na gôndola”, afirma Carolina Teixeira, professora de design na UEMG e do Instituto de Embalagens.

É fundamental conhecer como o consumidor se sente em relação ao seu produto. Isso, segundo Mário Narita, diretor da agência de design da embalagem Narita Design, define como o consumidor vai enxergar a sua embalagem. Michael Ferrari, fundador da Ferrari Soluções Inovadoras e ex-diretor de pesquisa e desenvolvimento da Procter & Gamble, afirma: “O consumidor mudou. Hoje, ele é mais individual, mais impaciente e quer as coisas na hora. Por isso, ele está mais conectado.” “A geração Y, que em cinco anos vai representar 35% da força de compras, faz compras pela Internet”. Com isso, a personalização de embalagens com o uso da impressão digital é uma boa solução para engajar e interagir com os consumidores. “Hoje, a rede social é fundamental para as marcas, especialmente para falar com os consumidores, através dos dispositivos móveis e a embalagem é o ponto chave para isso”, conclui Ferrari.

Esther Pires Costa, gestora da Apex-Brasil, destaca que Projeto Inova Embala contempla em suas ações aspectos do processo de inovação em embalagens considerando pontos críticos como certificações e normas internacionais, novas tecnologias, novos materiais e estudo das culturas de consumo nos mercados internacionais. O Inova Embala contempla as empresas dos projetos: Brazilian Flavours, Brazilian Rice, Happy Goods, Organics Brasil, Sweet Brasil e Wines of Brazil, das entidades: ABBA, Abiarroz, Abimapi, IPD, Abicab e Ibravin, respectivamente.

A próxima etapa do projeto consiste na elaboração da cartilha “Embalagens para Exportação” que será estruturada com base em dúvidas comuns e orientações estratégicas às empresas.

Próximo evento “Seminário Internacional: Adaptação ao Mercado Americano”: 19 de agosto em São Paulo.

Fonte: Revista Inforflexo

Compartilhe:

Para mais informações, entre em contato conosco!
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e pelas Políticas de Privacidade e Termos de Serviço do Google.