DSCOOP: Modelo de cooperativa de empresários dos Estados Unidos é um bom exemplo a ser seguido

Entre os dias em que se comemoram o Carnaval no Brasil, estive participando nos Estados Unidos de um grande encontro de uma cooperativa de empresários e profissionais de impressão digital, conhecida como DSCOOP, ou Digital Solutions Cooperative. A DSCOOP tem nove anos e é formada por pessoas interessadas nos assuntos de solução e impressão digital.

O que chama a atenção é o modelo adotado: desde o início, os integrantes da DSCOOP entenderam que a solução digital era algo novo no universo de atuação da grande maioria dos empresários de impressos promocionais, editoriais, rótulos e embalagens, e então resolveram se unir para discutir temas relevantes, monitorar inovações e novidades, além de trocar experiências. A finalidade é, sem dúvida, promover o compartilhamento de experiências e capacitação, ou seja, os empresários compreenderam que se não educassem os colaboradores e a si mesmos para a nova tecnologia que inexoravelmente chegava, não teriam chance de continuar no negócio e ser competitivos.

Os números atingidos por esse modelo são surpreendentes: na 9ª edição do encontro, reuniram-se 2.500 profissionais do mundo todo, sendo mais de 250 da América Latina e cerca de quase 100 do Brasil. Durante o evento, houve mais de 100 sessões educativas, desde grandes plenárias com a presença do guru Jason Jennings, autor dos livros “The Reinventors” e “Think Big, Act Small”, palestras sobre gestão geral, aspectos financeiros, marketing e técnicas de toda sorte.

Além das palestras e eventos de networking, houve uma feira para apresentar os equipamentos funcionando, desde a matéria-prima até os mais recentes lançamentos da Hewlett Packard, como a impressora digital da série 30000, que estava rodando a pleno vapor, digitalmente!

O clima de descontração e a troca de informações no evento eram muito sinceros, promovendo marco no aprendizado. Desde o início da proposta da DSCOOP, o foco é justamente a educação e a troca de informações relevantes sem fins lucrativos. Não há busca de vantagens econômicas ou de forçar alguma condição. A cooperativa tornou-se grande pela riqueza de seus princípios.

Outro aspecto interessante é a relação que seus integrantes mantêm com a maior provedora de soluções para esse mercado, a HP, o mais importante patrocinador executivo da cooperativa, que tenta aprender com ela os sucessos e as dificuldades para transformar em oportunidades.

Uma das melhores citações que ouvi durante o encontro foi de uma blogueira influente do setor de impressão, Débora Corn: “Se a indústria de impressão como um todo fosse uma cidade, a DSCOOP seria o bairro em que você cresceu, onde as portas ficam abertas e onde todos se conhecem e se ajudam”.

Para mim, foi uma oportunidade incrível aprender sobre o tema de impressão digital e conhecer muitos empresários e profissionais que já estão utilizando a tecnologia e vêm acumulando experiência. Também foi uma oportunidade única assistir a palestras com profissionais fantásticos, como Mike Ferrari e Ralf Albo da Segmarketing. A energia do evento era contagiante, com a qualidade da organização e o nível das discussões muito altas. Realmente, foi um encontro completo, o qual empresas de todos os tamanhos de negócios relacionados à impressão digital devem considerar.

O objetivo da HP no evento foi ajudar seus clientes a obter o máximo de desempenho em suas máquinas e, portanto, proporcionar a melhor impressão. Isso só foi possível porque a empresa trouxe outros parceiros para a discussão, como as indústrias de papel e substratos, software, acabamento, além de outros produtos e serviços. Eu incentivo os usuários da HP na América Latina a participarem da próxima edição, pois terão acesso a uma infinidade de informações, recursos, além de cursos na Universidade da DSCOOP. A adesão à cooperativa permite o acesso a este e a outros eventos organizados por ela. Para quem já possui um equipamento HP, é uma perda de tempo não participar. Oxalá consigamos no Brasil construir cooperativas desse nível: aprenderíamos e cresceríamos muito, pois só com o compartilhamento de conhecimento e informações poderemos construir uma indústria forte e competitiva.

Compartilhe:

Para mais informações, entre em contato conosco!
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e pelas Políticas de Privacidade e Termos de Serviço do Google.