ESTADOS UNIDOS: AMERICANOSADOTAM EMBALAGENS COMMENOR PEGADA DE CARBONO

MESMO SEM SER PRIORIDADE, ALGUMAS EMPRESAS BUSCAM ATENDER A UMA DEMANDA QUE COMEÇA A CRESCER

De forma geral, a questão da sustentabilidade jamais foi prioridade para os americanos, porém, como esta demanda começa a aparecer e crescer em importância, algumas empresas adotam novas embalagens que buscam alternativas para diminuir a pegada de carbono. Se elas conseguem o objetivo? Só saberíamos se avaliássemos todo o ciclo de vida. De qualquer maneira muitas iniciativas apontam no sentido da redução da emissão de CO2. Vejamos algumas alternativas.

A GFB Brothers passou a utilizar para seu mingau uma solução anteriormente adotada pela Nestlé para a sopa Maggi na Europa. Trata-se de uma luva de papelcartão que se transforma numa “tigela” ou em um suporte para que o envoltório possa se moldar e receber o leite e assim facilitar o preparo do mingau e o consumo direto na embalagem. O conjunto é todo em papelcartão e papel kraft com impressão em apenas uma cor, com aspecto de carimbo, para conferir um aspecto de natural-artesanal.

Surfando na onda das Kombuchas que prometem saúde, a BDK adotou garrafas que remetem a antigos frascos de remédios. Rótulos de papel em cor “natural” e verde, cheios de selos, completam o design.

A linha de chás artesanais da Teavana ganhou garrafas de vidro com tampa de alumínio com rosca. A serigrafia utilizada na decoração das embalagens permite ao consumidor visualizar a cor do chá. Leva ainda um lacre que demonstra se o produto foi violado.

A indústria de iogurtes segue a tendência. A Siggis e a Íceland passaram a utilizar potes de papelcartão para suportar um pote interno de plástico (numa quantidade muito menor do que se fosse apenas de plástico), aliás, como é adotado na Europa, há muito tempo. Importante: o pote-rótulo de papelcartão possui um zíper que permite fácil separação, assim como a nova versão do Danoninho Orgânico aqui do Brasil.

O iogurte OUI optou por um pote de vidro, com rótulo em papel texturizado, ilustração retrô e tampa de alumínio com diâmetro maior que a boca, para ter uma “caída” e lembrar antigos panos que cobriam os iogurtes. Nos três exemplos, notei o uso de impressão também no verso das tampas-lacres de alumínio, ampliando o espaço de comunicação com seus consumidores.

Embalagem melhor. Mundo Melhor. Sempre!

Compartilhe:

Para mais informações, entre em contato conosco!
Este site é protegido pelo reCAPTCHA e pelas Políticas de Privacidade e Termos de Serviço do Google.